Participação da Kersys no projeto Fazenda 5.0 é destaque no Estadão

Como as Agrotechs estão revolucionando o trabalho no campo

Em 13 de novembro do ano passado, o Estadão promoveu, em São Paulo, a Summit Agronegócio Brasil 2018. Uma das salas mais visitadas foi a Sala Tech, que teve como tema principal as agrotechs.

Na matéria publicada online pelo jornal que relata as principais novidades das agrotechs, a Kersys foi uma das empresas do segmento que recebeu destaque devido a sua participação no projeto Fazenda 5.0.

O que é o Summit Agronegócio Brasil

Todos os anos, o Summit Agronegócio Brasil reúne as maiores autoridades das mais variadas áreas do campo para debater sobre ideias, inovações, objetivos e soluções para que o Brasil cresça cada vez mais no agronegócio.

Com a participação de 18 palestrantes, o evento abordou variados assuntos relacionados ao uso da tecnologia nos serviços no campo.

O maior destaque foi as agrotechs, empresas que têm a importante missão de levar a tecnologia para os serviços do campo, de modo que as atividades se tornem cada vez mais produtivas, e até menos burocráticas.

Como as agrotechs estão revolucionando o trabalho no campo

Considerando que, hoje, a tecnologia está em tudo, não ia demorar muito para que essa facilidade chegasse aos serviços do campo.

Com isso, surgem as agrotechs, que são empresas que trabalham com tecnologia voltada, exclusivamente, para o agronegócio.

Tendo como base o conceito IoT — Internet das Coisas — a Agricultura 4.0 ou Agricultura Digital, faz referência à conexão de dispositivos eletrônicos através da internet, com o objetivo de coletar, mais facilmente, os mais variados dados que envolvem os serviços do campo.

Em franca expansão essas empresas, assim como a Kersys, trazem aos seus clientes as melhores soluções para tornar o serviço do campo cada vez mais ágil, gerando ainda mais lucro para os empresários e investidores.

A Kersys, por exemplo, oferece as mais pontuais soluções para gestão florestal e do agronegócio. Com isso, ela colabora para que as empresas desse segmento agilizem todos os processos realizados diariamente, por meio de sistemas informatizados tanto para planejamento quanto para a coleta de dados, controle e gestão das plantações e máquinas.

Atendendo desde o pequeno ao grande produtor, as soluções da Kersys têm como um dos principais objetivos ajudar os seus clientes a obterem mais lucros com os serviços executados.

O projeto Fazenda 5.0

Mesmo com todas essas vantagens, nem sempre é fácil convencer os produtores a modificarem a rotina e fazer uso de novas tecnologias nos seus negócios.

Justamente por conta dessa postura, o Parque Tecnológico de São José dos Campos —
PpTec — criou uma metodologia a fim de inserir as inovações criadas por empresas startups voltadas para o agronegócio, o plano piloto Fazenda 5.0.

Citada na matéria do Estadão, a Kersys é uma das empresas que faz parte desse projeto, o qual foi iniciado em Agosto de 2018, em parceria com a revenda de insumo Qualicitrus e com outras agrotechs do PqTec.

Na Fazenda 5.0 a Kersys é a responsável pela plataforma de gestão para o agronegócio. Essa plataforma permite planejar e gerenciar toda a produção das lavouras, além de gastos e investimentos, possibilitando gerar com facilidade históricos que auxiliam na tomada de decisões futuras mais assertivas e lucrativas.

As empresas parceiras testarão, em uma área de 2.300 hectares de sete produtores diferentes, soluções tecnológicas para gestão, agricultura de precisão, e meteorologia.

O objetivo principal de todo projeto é avaliar e calcular o impacto que o uso da tecnologia traz para o aumento da produtividade, bem como na diminuição do desperdício e do uso de insumos.

Queremos que novos produtores experimentem as novas tecnologias e usufruam dos benefícios que elas trazem.

0 Comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO!